Tratamento de mordida aberta anterior por meio de exodontias de primeiros molares permanentes – proservação de dez anos de caso clínico

Tratamento de mordida aberta anterior por meio de exodontias de primeiros molares permanentes – proservação de dez anos de caso clínico

Compartilhar

Trabalho apresenta a proservação de dez anos de um caso clínico de mordida aberta anterior dentoalveolar, com exodontia dos primeiros molares permanentes.


AUTORES

Gyovanna Cássia Rezende Rizza
Aluna de especialização em Ortodontia – Instituto Lenza de Pós-graduação.
Orcid: 0000-0003-1143-0455.

Rodrigo Augusto de Souza
Especialista em Ortodontia – Instituto Lenza de Pós-graduação.
Orcid: 0000-0003-2833-7142.

Gaudyer Castro Di Ferreira
Mestre em Clínicas Odontológica – Universidade Federal de Goiás; Professor – Instituto Lenza de Pós-graduação.
Orcid: 0000-0002-2181-4906.

André Luiz de Melo Drumond
Mestre em Clínicas Odontológica – Universidade Federal de Goiás; Professor – Instituto Lenza de Pós-graduação.
Orcid: 0000-0003-0134-9805.

Mauricio Guilherme Lenza
Doutor em Clínicas Odontológicas e professor substituto de Ortodontia – Universidade Federal de Goiás.
Orcid: 0000-0003-4230-6385.

Marcos Augusto Lenza
Doutor em Ortodontia – Universidade de Nebraska; Professor – Instituto Lenza de Pós-graduação. 

RESUMO

A mordida aberta anterior consiste em uma má-oclusão de origem vertical caracterizada pela ausência de contatos entre os incisivos superiores e inferiores em oclusão. Este quadro é de origem multifatorial e representa um dos maiores desafios na prática ortodôntica. Existem várias alternativas de tratamento, desde os mais conservadores, compensatórios, extracionistas e até mesmo os cirúrgicos. A conduta do profissional deve levar em consideração aspectos relacionados à idade de intervenção e etiologia, adotando um protocolo diferenciado em cada caso. Este trabalho teve como objetivo apresentar a proservação de dez anos de um caso clínico de mordida aberta anterior dentoalveolar, cujo tratamento proposto foi a exodontia dos primeiros molares permanentes.

Palavras-chave – Ortodontia; Mordida aberta; Cirurgia bucal.

ABSTRACT

The anterior open bite consists on a vertical malocclusion characterized by the absence of contacts between the upper and lower incisor teeth. This scenario is multifactorial and represents one of the biggest challenges in orthodontic practice. There are several treatment alternatives, from the more conservative ways to compensation, extraction, and even surgical ones. The professional must take into account aspects related to the age of intervention and etiology, adopting a diff erentiated protocol in each case. This work aims to present the ten-year follow-up whose proposed treatment was the extraction of the first permanent molars.

Key words – Orthodontics; Open bite; Surgery oral.

Recebido em fev/2020
Aprovado em mar/2020