fbpx
Percepção dos adolescentes brasileiros sobre tratamento ortodôntico

Percepção dos adolescentes brasileiros sobre tratamento ortodôntico

Compartilhar

O Ciência Brasil divulga pesquisa sobre a compreensão dos adolescentes brasileiros sobre o tratamento ortodôntico publicada em periódicos internacionais.

de Almeida BA, Leite ICG, da Silva GA. Brazilian adolescents’ perception of the orthodontic appliance: a qualitative study. Am J Orthod Dentofacial Orthop 2019;155(4):490-7.

RESUMO

Objetivo: compreender a percepção dos adolescentes brasileiros sobre o tratamento ortodôntico.

Material e métodos: uma pesquisa qualitativa foi realizada por meio de análise de conteúdo de dados coletados entre 142 adolescentes por meio da técnica de associação de palavras (WAT), seguida pela formação de oito grupos com 71 desses estudantes.

Resultados: as palavras mais recorrentes sobre WAT demonstraram um impacto estético positivo do aparelho ortodôntico, tanto para a autoavaliação dos adolescentes quanto para a avaliação dos amigos. Diversos temas foram identificados na análise qualitativa, sendo o benefício estético do tratamento ortodôntico e o impacto estético do aparelho os pontos positivos mais relevantes. O aspecto negativo mais citado no estudo foi a dor associada ao tratamento, seguida do desconforto e do trauma causado pelo aparelho fixo.

Conclusão: o tratamento ortodôntico tem impacto estético positivo para adolescentes brasileiros, com melhora da autoimagem. Aparelhos ortodônticos fixos têm impacto positivo imediato na aparência e são um fator importante nas relações comportamentais entre os adolescentes brasileiros, particularmente devido à associação com o status social. A compreensão dos aspectos sociocomportamentais envolvidos no tratamento ortodôntico é de fundamental importância para a relação clínica entre paciente e profissional.

Marcio Almeida

Marcio Rodrigues de Almeida

Mestre, doutor e pós-doutor em Ortodontia – Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB/USP); Minirresidência em Ortodontia – Universidade de Connecticut, EUA; Professor do curso de mestrado/doutorado em Ortodontia – Unopar, Londrina/PR.

Orcid: 0000-0002-2684-0943.

Fechar Menu